quinta-feira, 10 de abril de 2014

CPI AMPLA FOI APROVADA POR COMISSÃO


Por Alexandre Figueiredo

A oposição queria uma CPI exclusiva para investigar o esquema de corrupção da Petrobras, mas tem que aguentar uma CPI ampla, decidida pelos governistas, para investigar não só a instituição, mas também a corrupção no sistema de Metrô de São Paulo e no Porto de Suape e na refinaria de Abreu e Lima, estes dois em Pernambuco.

A medida, aprovada por votação realizada ontem à noite, e criou um clima de rivalidade partidária entre governistas e os oposicionistas, sejam eles ligados à Aécio Neves, pré-candidato do PSDB à Presidência da República, e seu rival pelo PSB, o ex-governador pernambucano Eduardo Campos.

A Comissão de Constituição de Justiça da Câmara dos Deputados aprovou a decisão, que depois foi encaminhada para o Senado Federal, para votação. Com a decisão, haverá uma comissão diversificada para investigar escândalos envolvendo diferentes partidos.

A votação dependeu da avaliação de um mandado de segurança da oposição, apreciado pela ministra do Supremo Tribunal Federal, Rosa Weber. O mandado questionava a inclusão de outros temas para a CPI, julgando que deveria apenas haver a comissão dedicada a investigar a corrupção na Petrobras.

A corrupção da Petrobras envolve irregularidades na execução de negócios, inclusive no exterior, como em uma refinaria em Pasadena, no Texas (EUA). A corrupção do Metrô paulistano se deve à formação de cartel e às alianças políticas com o PSDB. Já no caso das obras pernambucanas, a CPI pretende investigar irregularidades na licitação e nos trabalhos de construção.

Fora esses episódios, a política brasileira ainda sofre mais um escândalo de corrupção, como os negócios financeiros envolvendo o deputado federal André Vargas e o doleiro Alberto Youssef, que teriam desviado dinheiro público para favorecer a empresa deste.

O PT já começa a avaliar a possibilidade de expulsar André do partido. Ele renunciou ao cargo de vice-presidente da Câmara Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...