segunda-feira, 9 de setembro de 2013

CARTA CAPITAL PERMITE PUBLICAR REPORTAGEM SOBRE "MISS BUMBUM"


Por Alexandre Figueiredo

Parece reportagem do jornal carioca Extra, jornal de perfil popularesco "light" das Organizações Globo. Um texto descreve as concorrentes do concurso de Miss Bumbum que, sob a orientação de um instrutor, esperam a chegada de Gracyanne Barbosa, ex-dançarina do Tchakabum e esposa do ídolo sambrega Belo.

Infelizmente, se trata de uma reportagem de Carta Capital, feita por Willian Vieira, mas sob os ventos "farofa-feiros" trazidos, muito provavelmente, pela influência de Pedro Alexandre Sanches, que com sua força alienígena - ele é o "filho" da Folha de São Paulo - quer jogar a mídia esquerdista no lodo do "mau gosto" brega-popularesco.

Willian tenta iniciar o texto de forma "nobre", citando o cartunista da Contracultura, Robert Crumb (que chegou a fazer capa de um álbum de Janis Joplin). Mas encerra o texto com a habitual choradeira em favor do "mau gosto" popularesco: toma para si os lamentos de Gracyanne, que sofreu "preconceito" por causa de seu corpo e está feliz por ensinar as mesmas "dicas" para outras moças.

O Miss Bumbum é aquele concurso em que as mulheres são conhecidas pelos glúteos "esculpidos". A reportagem descreve tudo, menos o habitual uso de silicone e anabolizantes que favorece o arredondamento dos glúteos, como se fossem duas bolas.


Neste sentido, o repórter não investigou. A reportagem ficou mais uma propaganda do Miss Bumbum, dentro daquela perspectiva popularesca que o blogue Farofa-fá, hospedado por Carta Capital, de mostrar uma visão caricata e estereotipada do "popular", coisa que se adequaria melhor nas páginas da Folha de São Paulo ou na tela da Rede Globo de Televisão.

Isso em se tratando de um periódico de esquerda, que bate duro com a grande mídia, até de forma brilhante, mas permite um vacilo destes. E, por sinal, não é somente este blogue que parte para os questionamentos realmente provocativos, que desafiam o "estabelecido" por esse entretenimento supostamente popular, que agrada, e muito, os barões da grande mídia.

Afinal, a ditadura midiática estabelece um papel que o povo pobre deve exercer: o de coitadinho, de pateta, fascinado por coisas grotescas, pitorescas, piegas, resignado com o subemprego, com os baixos instintos, feliz com a miséria e a ignorância em sua vida. Um papel que só é exaltado por elites intelectualoides das quais faz parte Pedro Alexandre Sanches e seus asseclas.

Não foram poucos os que reagiram a isso, conforme mostra essa segunda foto. Vários internautas protestaram contra a reportagem, com uma estranheza que nada tem de "provocativa", porque é indignação mesmo. Ou seriam também "provocativos" os comentários "urubólogos" de Miriam Leitão, hein, pessoal do Farofa-fá?

Vários comentários, entre irônicos e indignados, foram publicados pelos internautas. Eis uma seleção deles:

PATRÍCIA MORAIS: " 'O Miss Bumbum abre várias portas'. Me pergunto: portas de motel?"

ADEMÁRIO VIGÁRIO: "'Miss Bumbum abre várias portas' Abre a porta da frente e a porta dos fundos! Boa essa reportagem sobre bumbuns! Ainda dá a medida da bunda de cada uma! Pra completar deveria assinalar também a medida do QI, assim teríamos a medida da bunda e o respectivo QI para analisarmos mais profundamente suas semelhanças e diferenças".



RAQUEL NOGUEIRA: "É isto que gera a educação que o Brasil oferece! Pessoas interessadas em debater temas relevantes da sociedade!! hahaha.. Comédia!"


DOO DOO "Isso é matéria para a Carta Capital? Jura?"

ROSEMBERG FERNANDES: "Pois é! Mostra quão decadente é a sociedade brasileira!"

Já a internauta Samira Franqui Fanti tentou um palpite: "foi uma matéria irônica". Infelizmente não se observou qualquer ironia na matéria, como se observa também nos textos sobre "funk" - ritmo muito marcado pelas mesmas calipígias - do Farofa-fá. Até tentei ver se havia alguma ironia, e o texto parecia mesmo falar positivamente desses tipos "populares".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...