terça-feira, 23 de julho de 2013

VERÍSSIMO, EX-ESQUERDISTAS E PSEUDO-ESQUERDISTAS


Por Alexandre Figueiredo

O escritor Luís Fernando Veríssimo publicou ontem, em O Globo, um artigo chamado "Conversões", em que ele fala do processo de antigos esquerdistas de se migrarem para o direitismo ideológico, muitas vezes de forma intransigente e quase sempre com furiosa aversão às antigas qualidades de juventude.

Com um texto dotado de algum humor irônico - Veríssimo é integrante do Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé - , que com um simpático sarcasmo chama o ato de ser esquerdista de "engano", o criador do Analista de Bagé e filho de Érico Veríssimo traça o processo de um direitista que um dia havia sido uma pessoa de esquerda.

Os "ex-querdistas" são muito conhecidos. Arnaldo Jabor, Ferreira Gullar, Fernando Gabeira, Marcelo Tas, Lobão, Marcelo Madureira, Sônia Francine, só para citar os mais famosos. Todos eles antes comunistas ou até mesmo trotskistas convictos, antigos adeptos do PT, que depois, desiludidos, ou talvez tomados de algum privilégio, chutaram seus paus nas barracas socialistas de outrora.

Talvez haja rumores que a patota "ex-querdista" conte com as adesões de Eduardo Suplicy e Marina Silva, embora oficialmente eles não tenham se posicionado como neocons. Mas eles já começam a mudar o rumo de suas antigas trajetórias progressistas, através de algumas posturas conservadoras.

Em dada passagem do texto, Veríssimo escreve: "Não se tem notícia de uma migração ao contrário, de direitistas que voltam a ser esquerdistas, até como uma forma de recuperar a juventude". Isso é um grande alerta para aqueles que se iludiram com a pseudo-esquerda que veio na carona do fenômeno Luís Inácio Lula da Silva.

Mesmo um Mário Kertèsz - que se acha dono das esquerdas baianas mas tem origem política na ditadura, através da ARENA - ou um Jaime Lerner - outro oriundo da ARENA - não representam essa migração, até porque eles continuam mantendo ideias e valores próprios da mais histérica direita, embora tenham maior cautela de assumir a toda hora suas posturas pessoais.

Ou então, mais recentemente, um Eugênio Raggi - mineiro que se diz "petista" mas pensa como se fosse um tucano radicalizado mais à direita - ou um Pedro Alexandre Sanches vindo do Projeto Folha de Otávio Frias Filho para saltar de pára-quedas na imprensa escrita de esquerda, também não indicam qualquer postura, mesmo enrustida, a respeito.

Sobre o texto de Veríssimo, nota-se que o esquerdismo muitas vezes está ligado ao idealismo da juventude, e a conversão direitista seria um efeito das desilusões que se tem ao fracasso desse idealismo e à impotência de aliados esquerdistas.

Sobre a pseudo-esquerda, o que se observa é um direitismo envergonhado de alguns formadores de opinião, que, querendo levar vantagem na sociedade, guardam seu direitismo na geladeira e, amparado por alguns pretextos - como o "popular" e a "cidadania" - , tentam algum falso esquerdismo que se desmascara no menor obstáculo.

Em algum momento, os pseudo-esquerdistas acabam tomando o rumo dos "ex-querdistas". Se estes, mesmo convictamente esquerdistas, migram para a direita e passam a reprovar o antigo esquerdismo com uma certa raiva, os pseudo-esquerdistas, mesmo de uma forma envergonhada, acabam também partindo para o mesmo apetite anti-esquerdista.

É quando se criticam manifestações radicalmente esquerdistas, como as lutas pela reforma agrária, a MPB de protesto e musicalmente de raiz, os movimentos pela regulação midiática. No fundo, a pseudo-esquerda ingressa na esquerda para fazer cobranças a ela, a troco de uma falsa solidariedade e uma identificação mais falsa ainda das causas progressistas.

Na medida em que essas cobranças não são atendidas, a pseudo-esquerda pode se virar para a direita da forma ainda mais radical do que se imagina, e aí é que está o perigo das forças progressistas obterem a adesão movida por conveniências de gente "alienígena" formada nos círculos direitistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...