quarta-feira, 8 de maio de 2013

SOLDADOS QUE USARAM MONTAGEM "FUNK" DO HINO BRASILEIRO SÃO CONDENADOS


Por Alexandre Figueiredo

O Supremo Tribunal Militar decidiu, por nove votos a um, condenar os oito recrutas do Exército que dançaram ao som de uma versão, em ritmo de "funk", do Hino Nacional Brasileiro. A juíza Flávia Ximenes e um conselho militar consideraram que os soldados cometeram crime de desrespeito a um símbolo nacional.

Além do Hino Nacional Brasileiro ter sido usado numa montagem com batida eletrônica de "funk carioca", os militares ensaiaram danças "típicas", incluindo o famoso rebolado tão conhecido nos "bailes funk". A pilhéria foi divulgada em vídeo disponível no YouTube.

Os soldados, que na época da ocorrência, maio de 2011, eram lotados em um quartel de Dom Pedrito, cidade gaúcha da região de Bagé, e prestavam serviço militar obrigatório. Por terem cumprido o prazo de serviço, eles já não estão mais no Exército.

No entanto, eles foram condenados a cumprir serviços comunitários, aguardando decisão da Vara de Execuções Penais de Dom Pedrito, que irá determinar qual a atividade comunitária que os soldados terão que cumprir em breve.

Curiosamente, é a cidadania indo de encontro ao "funk carioca" que tanto fala em "defesa da cidadania". E usar o Hino Nacional Brasileiro em ritmo de "funk" já é uma gozação, diante da ruindade artística do gênero. E se usar o hino para um "pancadão" é uma pilhéria, imagine então com os rebolados "provocativos" dos soldados. Depois dizem que nós é que somos "moralistas", diante dessa imoralidade...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...