domingo, 26 de maio de 2013

MC NALDO E OS FACTOIDES AMOROSOS


Por Alexandre Figueiredo

Na música brega, funciona assim. A vida particular, mesmo com sentido de veracidade duvidoso, é divulgada de maneira exagerada e exibicionista, alimentando o teor sensacionalista que faz do ídolo em questão um "fenômeno" de sucesso às custas desse marketing improvisado.

O mais novo nome da música brega, o cantor MC Naldo, novo ídolo do "funk melody" e principal investimento musical da Rede Globo, é, no momento, pivô de uma "crise amorosa" que envolve uma ex-mulher, de quem o ídolo não se divorciou, e a atual namorada dele, a dançarina de "funk" Mulher Moranguinho.

Os noticiários da imprensa dita "popular" alimentam diariamente a fama, ainda que de forma "controversa", do ídolo funqueiro, com declarações ou fatos aparentes que dão um tom "dramático" para a vida do cantor, famoso pelo sucesso "Amor de Chocolate".

Num dia, ele diz que pretende se casar com a Mulher Moranguinho. No dia seguinte, a ex-mulher de Naldo dá um depoimento espinafrando a "mulher-fruta". Noutro, Naldo diz que não pode se casar porque ainda não é divorciado. Depois, a ex-mulher volta a falar e chama a Mulher Moranguinho de "prostituta". Deve haver mais coisas nos próximos dias.

Embora pareça um "drama pessoal", situações assim são muito eficazes no marketing midiático. No hit-parade brasileiro, tendencioso e pretensioso, a regra é essa mesmo, forjando aparentes dramas pessoais para criar "polêmica" e alavancar o envolvido à fama, mesmo através dessa situação "incômoda".

Não se sabe se a ex-mulher de Naldo realmente sente raiva dele e da Mulher Moranguinho. No sensacionalismo midiático, muitos dos conflitos familiares que se vê nos programas popularescos da TV são inventados, e não obstante os motivos dessas brigas são risíveis de tão canhestros. Coisas do tipo: "fulana se atracou com a vizinha porque esta trepou com o marido daquela em pleno culto evangélico".

É muito sensacionalismo que se vê em notícias como as do MC Naldo, o primeiro intérprete 100% criado nos moldes do hit-parade, sem o "idealismo" que glamourizou os ídolos brega-popularescos lançados antes pela mídia. O que pode indicar apenas uma estratégia publicitária de promover o ídolo às custas de "escândalos", a exemplo dos ídolos de gangsta rap norte-americanos, de cuja estética Naldo se inspira.

Nem mesmo a MC Anitta, também 100% criada nos moldes do comercialismo, chegou a tanto. Seu marketing é mais suave, em que pese as fotos "sensuais" da moça e do visual retrô da linha Flashdance. Até agora, MC Anitta disse que estava "encalhada" (exagero: ela não tem namorado por causa dos compromissos de carreira), que não curte amor à moda antiga e depois foi "conhecer" o jogador Neymar.

Isso evidentemente não irá absolver os pecados dos outros brega-popularescos, mesmo envoltos numa aura de "idealismo" que faça muitos incautos confundirem com a MPB autêntica, o que faz a festa para a intelectualidade etnocêntrica para a qual, na cultura brasileira, "lixo" quer dizer "luxo", como se pudesse criar nessas duas palavras diferentes o mesmo sentido de "oiro" e "ouro", "coisa e cousa".

Afinal, o brega-popularesco sempre foi fundamentalmente hit-parade. Mesmo quando seus ídolos choravam diante da imprensa dizendo que "adorariam estar no primeiro time da MPB". Isso porque seu DNA não está na formação sócio-cultural, mas meramente midiática. O brega sempre se compôs de "restos" do que a mídia jogava para o "povão". O brega só produz mercadorias, não conhecimento.

Por isso, o brega sempre se alimentou com seu marketing, com sua choradeira e seu comercialismo um tanto envergonhado, mas explícito. Sua ideologia apenas atingiu as últimas consequências quando nomes como MC Naldo passam a ser inteiramente midiáticos, sem o falso lirismo dos outros bregas. Estes sempre foram, são e serão comerciais, mas MC Naldo, MC Anitta e similares levam isso ao extremo dos extremos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...