sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

UOL 89 FM VEIO PARA "COMER POEIRA"


Por Alexandre Figueiredo

A UOL 89 FM veio para "comer poeira". Sua programação datada até empolga a juventude tomada de toda uma visão provinciana das coisas, que só conhece o mundo pelas lentes míopes e ultrapassadas da velha grande mídia, que até para determinar o que é "moderno" fica bastante antiquada e cafona.

O Brasil é tomado de cafonice, a ponto de superestimar o cinema comercial de Hollywood - vide o embuste chamado TeleCine Cult - e a disco music, que por melhor que possa parecer nunca foi sinônimo de sofisticação musical. Aqui um Michael Jackson da vida vira "coisa do outro mundo", qualquer "popozuda" vira "feminista" e Luciano Huck é visto como "símbolo de perfeição humana".

Quem mal "tirou as fraldas" imagina que até mesmo tolices como Marilyn Manson, Guns N'Roses e Charlie Brown Jr são "geniais". É um pessoal que vê o rock como catarse, e não como música. É mais uma barulheira feita para agitação nas festas juvenis, para acompanhar a bebedeira e outras "merendas". Nada a ser levada a sério.

Mas mesmo no "sertanejo universitário" há jovens que levam as coisas a sério demais. As intragáveis duplas João Bosco & Vinícius e Victor & Léo são exemplos disso. O mesmo com o "funk carioca" e sua "militância" de fachada. Se vemos fanatismo e bobagens nesses nomes, não será diferente com uma rádio de hit-parade "roqueiro" chamada 89 FM.

Além do mais, a rádio não se dispõe a tocar um repertório mais abrangente. Mesmo as promessas da futura entrada de Roberto Miller Maia, responsável pela programação college da Brasil 2000, não irão sinalizar isso, mesmo quando as promessas parecem empolgar os jovens que, de repente, se sentem as Cinderelas nesse festão dos 89,1 mhz paulistanos (e olha que teve uma banda poser chamada Cinderella).

Primeiro, porque as limitações comerciais da 89 FM não permitem riscos maiores. Segundo, porque mesmo as bandas "mais alternativas" - mas nada mais "alternativo" do que o "menos alternativo dos alternativos", o Flaming Lips - só aparecerão com uns poucos sucessos ou canções de trabalho.

Será preciso muito "gancho", tipo a inclusão de uma banda alternativa em um filme qualquer com Tom Cruise no elenco ou um blockbuster de rock, esportes radicais ou temas como jogos eletrônicos e aventura, para que os programadores da 89 se interessem em tocar algo mais "difícil". Fora isso, nem de joelhos!

ENQUANTO ISSO, MUNDO AFORA...

Lá fora, a cultura rock está muito mais abrangente que aqui no Brasil, onde a hegemonia do brega-popularesco é desculpa para uma rádio de "só sucessos" dentro do rock fosse endeusada da maneira mais estapafúrdia.

A Internet permitiu que artistas e bandas raros, extintos, falecidos ou obscuros fossem redescobertos por jovens que nunca os acompanharam nos seus primórdios. O que fez com que vários nomes do rock extintos pudessem voltar à atividade e até a lançar músicas novas.

Isso reabilitou até mesmo nomes como o Guess Who, banda canadense de rock clássico e responsável pela versão original de "American Woman" (conhecida pela gravação de Lenny Kravitz), voltassem à atividade depois de tanto tempo extinta.

E o Wishbone Ash, que havia sido bastante tocado pela Fluminense FM nos anos 80, continua na ativa empolgando até os mais jovens, e até veio ao Brasil, temos atrás. A patética Rádio Cidade "roqueira" até tentou pegar carona patrocinando o grupo, mas tocar suas músicas, que é bom, nada. Mas os fãs do grupo inglês não levaram isso a sério e até Mylena Ciribelli, hoje da Rede Record, foi assistir ao grupo na plateia.

O extinto grupo de rock progressivo Gentle Giant, conhecido das antigas rádios Federal e Eldo Pop, e também da Fluminense FM, também conquista novos fãs com seu som bastante arrojado e seus integrantes excêntricos. Eles eram os nerds do rock progressivo, e o grupo, também cultuado pelo Clube da Esquina, tem seus LPs disponíveis no YouTube.

Mas vá esperar que a 89 FM toque Gentle Giant. Melhor nem pensar nisso. A não ser por algum tendenciosismo ou um "gancho" - vai que Gentle Giant seja incluído na trilha de The Hobbit 2, por exemplo - , a 89 nem sob choradeira irá tocar a banda.

E, no punk rock, a redescoberta do grupo peruano Los Saicos, aparentemente uma banda de garagem dos anos 60 como tantas, mas cujo som acabou lembrando o punk rock feito a partir de 1976, fez com que a banda, mesmo seis anos depois da morte de um ex-guitarrista, fosse relembrada num documentário e voltasse a tocar suas músicas para um público familiarizado com o punk rock.

E há agora o caso de Adam & The Ants, banda punk inglesa, que agora é lembrada na trilha sonora do seriado The Carrie Diaries, protagonizado pela deliciosa Annasophia Robb, inspirado no seriado Sex And The City e ambientado nos anos 80. É o mesmo grupo que inspirou uma hilária promoção da Fluminense FM envolvendo frascos com formigas, há 30 anos atrás.

Mas isso é lá fora. Aqui o pessoal fica feliz e satisfeito com o "mais do mesmo". Ainda estão à procura de uma banda que soe igual ao Alice In Chains ou ao Limp Biskit. No caso do Rock Brasil, já começaram a achar Renato Russo e Cazuza "velhos demais".

A banda alternativa Fellini (dos jornalistas Cadão Volpato, do SescTV, e Thomas Pappon, da BBC Brasil), então, para os deslumbrados da UOL 89, não passam de um grupelho "sem importância". Mas que conquistou até o saudoso inglês John Peel.

Para eles, "poeta" é Chorão, do Charlie Brown Jr.. Quando muito, procuram um novo Raimundos, um novo Mamonas Assassinas. O pessoal do Brasil é meio provinciano. Acha que desconhecer as coisas de fora e forjar sabedoria na sua ignorância e desinformação são atos de originalidade. E é impressionante que os adeptos da 89 evitem, por medo, citar a palavra hit-parade para definir sua programação.

Nada disso. E a 89 FM só veio para "comer poeira" do que rola no radialismo rock de fora, que combina relíquias antigas e novidades indo muito além até mesmo do alternativo mais "básico". E o YouTube mostrando até LPs inteiros, com direito até a fade out na íntegra. O mundo corre lá fora e o Brasil fica feliz em ser uma província narcisista a admirar seu próprio umbigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...