quarta-feira, 7 de novembro de 2012

MÚSICA DO PROJAC BRASILEIRA

ATRIZES GLOBAIS FAZEM PROPAGANDA DO CANTOR THIAGUINHO PARA O PÚBLICO DA GLOBO.

Por Alexandre Figueiredo

Nunca o brega-popularesco esteve tão associado à grande mídia. Depois da choradeira que dava a falsa impressão de que esses "ídolos populares" eram "boicotados" pela grande mídia, coisa que nunca aconteceu, eles pintam e bordam no establishment midiático.

Tecnobrega, "pagode romântico", "sertanejo", "funk carioca" e axé-music. Os principais ritmos do brega-popularesco aparecem em vários programas da Rede Globo, contrariando explicitamente a visão oficial, difundida por intelectuais badalados, de que eles nunca aparecem na grande mídia.

A Globo, mais uma vez, tenta salvar o decadente "funk carioca", seja criando uma personagem na novela Salve Jorge - se for assim, o nome da novela bem poderia ser Salve Catra - , seja através da imagem glamourizada que havia promovido o estilo anos atrás, trabalhada hoje na minissérie Subúrbia.

O tecnobrega já comemora, no Pará, os louros trazidos pela novela Cheias de Charme, que serviu de vitrine para o gênero, sobretudo a partir de Gaby Amarantos, pondo por terra abaixo a tese, trabalhada pelo "sorospositivo" Ronaldo Lemos, de que o tecnobrega era boicotado pela grande mídia.

O "pagode romântico" ou sambrega aposta no lançamento de Thiaguinho, cria do reality show Fama e ex-integrante do Exaltasamba, como o novo hype do momento, fazendo com que a emissora arrumasse um elenco de atores emergentes para contracenar com o cantor e, a troca de melhores papéis em novelas, fazer propaganda do cantor para o público médio da emissora.

O "sertanejo" ou breganejo não traz novidades, apenas fazendo a manutenção do sucesso de Michel Teló, Gusttavo Lima e João Lucas & Marcelo, sobretudo na novela Avenida Brasil. Até agora, a novidade é a intenção do crooner Daniel (ex-João Paulo & Daniel), integrante do júri do programa The Voice Brasil, de capitalizar esse sucesso com documentário, peça musical e livro.

A axé-music também investe no sucesso midiático de Cláudia Leitte - colega de Daniel no The Voice Brasil - e na atuação de Ivete Sangalo na minissérie Gabriela. A classe dos atores agiu para tentar impedir que Ivete se torne atriz, pela falta de formação no ramo, mas a visibilidade e o amplo sucesso comercial da cantora falou alto e ela aproveitou o sucesso para lançar mais um CD pretensioso e apostar novamente na superexposição.

Com isso, todos os estilos brega-popularescos estão muito à vontade na mesma Globo de Merval Pereira, William Waack, Miriam Leitão e William Bonner. Não é coincidência, afinal são músicas puramente mercadológicas. Se alguns incautos acham que isso é a "verdadeira MPB", isso só faz sentido se o significado da sigla for alterado para Música do Projac Brasileira, em alusão ao grande parque cenográfico onde são gravados vários programas da Rede Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...