quarta-feira, 17 de outubro de 2012

CPI DO CACHOEIRA SERÁ PRORROGADA. SERÁ QUE CHAMARÃO O CIVITA?


Por Alexandre Figueiredo

Depois da grande mídia se esbaldar de folia diante do julgamento do "mensalão", que representou a derrubada de seus desafetos, a CPI que investiga o esquema do bicheiro goiano Carlinhos Cachoeira retoma seu rumo.

Além disso, a comissão, que trabalharia o caso até o dia 04 de novembro, resolveu prorrogar a investigação. Os parlamentares, no entanto, não tiveram um consenso sobre quantos meses haverá a prorrogação, e diante de tantas discussões a respeito, resolveram deixar a decisão sobre o prazo para o próximo dia 30.

Carlinhos Cachoeira, a exemplo de Marcos Valério, é acusado de movimentar um grande esquema de corrupção. Mas, no caso do bicheiro goiano, o esquema se mostra bem maior, uma vez que os "tentáculos" envolvem grandes figuras da vida política nacional, uma grande empreiteira (Delta Construtora) e um veículo da grande mídia, a revista Veja, a mesma que certos incautos põem as mãos no fogo nas suas "reportagens" contra a corrupção.

O esquema de Cachoeira tem ramificações envolvendo figuras influentes no PSDB e PMDB. O PT participa de forma secundária. Até mesmo autoridades envolvidas com a chamada "mobilidade urbana", como Jaime Lerner - padrinho político de Beto Richa, por sua vez padrinho do prefeito de Curitiba Luciano Ducci, que não conseguiu se reeleger - e Eduardo Paes, possuem aliados envolvidos no esquema.

Resta saber se a CPI irá, desta vez, convocar não somente o jornalista Policarpo Júnior, figura da Veja já apontada como aliada de Carlinhos Cachoeira - com sérias denúncias de que Cachoeira estaria atuando como "dublê de pauteiro" da Veja - , como também o próprio empresário do Grupo Abril, Roberto Civita, que consente com o caso.

Mas também há a esperança de que o prefeiturável José Serra seja convocado, juntamente com Paulo Preto, uma vez que a Delta Construtora e o Dersa no qual Preto, braço-direito de Serra, foi diretor, fizeram parcerias em várias obras na capital paulista.

Paulo Preto havia prometido, certa vez, denunciar Serra na CPI do Cachoeira. Se a Veja e o PSDB forem considerados pela Justiça aliados de Cachoeira, a mídia demotucana, depois da festa do "mensalão", sentirá a pele de ver também os seus "heróis" condenados por corrupção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...