terça-feira, 14 de agosto de 2012

POLICARPO ESCAPA DA CPI E VEJA RESPIRA!


COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Por enquanto, Policarpo Júnior não vai depor na CPI do Cachoeira. O requerimento de convocação do jornalista de Veja será analisado na próxima semana, o que garante alguns dias de tranquilidade para os Civita e seus asseclas. Portanto, até Reinaldo Azevedo pode ficar tranquilo, ler uns livros de Roberto Campos e tomar um chá com a turma do Instituto Millenium.

No entanto, são fortes os indícios de que Policarpo é muito amigo - BFF, best friend forever, sigla dada para amigos muito íntimos - de Carlinhos Cachoeira, o famigerado bicheiro goiano, e parceiros de muitas artimanhas em prol de seu esquema de corrupção e crimes. Vamos ver no que vai dar.

Policarpo escapa da CPI e Veja respira!

Por Altamiro Borges - Blog do Miro, reproduzido também no blogue A Justiceira de Esquerda

O requerimento de convocação de Policarpo Júnior, editor-chefe da revista Veja, nem sequer foi votado na reunião da CPI do Cachoeira na manhã de hoje. Ele ficou para ser analisado na próxima semana e garantiu mais alguns dias de tranquilidade para a famiglia Civita, acusada de envolvimento com o crime organizado. A proposta de convocação foi apresentada pelo líder do PT na Câmara Federal, deputado Jilmar Tatto.

O parlamentar acusou Policarpo de ser "um pseudo jornalista, que envergonha a profissão". Apesar de não ter sido votada, o deputado ainda não desistiu da convocação. "Espero que isso aconteça no tempo certo". O senador Fernando Collor de Mello também não desistiu da iniciativa. Ele declarou aos integrantes da CPI que considera Policarpo "um bandido" e lamentou que o requerimento não tenha sido aprovado de imediato.

Fortes indícios e pressão crescente

A proposta de convocação do editor-chefe da Veja ganhou impulso com a edição da revista CartaCapital desta semana. A reportagem de Leandro Fortes comprova as relações íntimas entre Policarpo e Cachoeira, com a publicação de várias escutas telefônicas. Numa delas, o "jornalista" pede ao mafioso que grampeie ilegalmente um parlamentar de Goiás. Noutra, Cachoeira festeja o arquivamento de uma matéria na Veja. As gravações explicitam as relações da Veja com o crime organizado por motivos políticos e econômicos.

Apesar das inúmeras evidências, muitos parlamentares ainda temem enfrentar a "poderosa" publicação. Eles querem garantir algum espaço na revista e ficam apavorados com os seus "jagunços de reputações". Alguns utilizam o falso argumento da "liberdade de expressão", que confundem com liberdade do monopólio, para aliviar a barra da famiglia Civita - nem mesmo Rupert Murdoch, o chefão do maior império midiático do planeta, foi salvo por esta desculpa esfarrapada.

Com o desenvolvimento das investigações da CPI do Cachoeira, porém, torna-se quase inevitável a convocação de Policarpo e o seu chefão, Bob Civita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...