quarta-feira, 11 de julho de 2012

MCDONALD'S E COCA FORA DA OLIMPÍADA?


COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: As duas empresas associadas ao imperialismo gastronômico mundial, a Coca-Cola e a McDonald's, têm seu patrocínio aos jogos olímpicos de Verão de Londres (as Olimpíadas de 2012) contestado pelo Legislativo britânico, por estimularem a obesidade e não contribuírem para o desenvolvimento nutritivo adequado das crianças do mundo inteiro, inclusive o Brasil.

McDonald’s e Coca fora da Olimpíada?

Por Altamiro Borges - Blog do Miro

O repórter Rodrigo Russo, da Folha, publicou hoje uma reportagem que não será capa dos jornalões nem destaque dos telejornais. Talvez nem apareça no Jornal Nacional da TV Globo, que nem sequer tem tratado das Olimpíadas de Londres. Segundo informa, “a menos de três semanas do início dos Jogos Olímpicos, a Assembleia de Londres (órgão legislativo municipal) contesta os patrocínios de Coca-Cola e McDonald's para a competição e pede que sejam banidos - o que é pouco provável de acontecer”.

A autora da proposta, a parlamentar Jenny Jones, argumentou que “Londres ganhou o direito de sediar os Jogos de 2012 com a promessa de deixar um legado de criança mais ativas e sadias ao redor do mundo”. Segundo ela, os produtos da McDonald’s e da Coca-Cola são prejudiciais à saúde, sendo responsáveis diretos pela crescente obesidade infantil. O projeto afirma que é um contrassenso o Comitê Olímpico Internacional (COI) ser patrocinado por empresas que fornecem produtos altamente calóricos.

A obesidade da mídia comercial

Segundo a reportagem, “no Reino Unido, mais de 30% das crianças estão acima do peso ou têm obesidade. Na população adulta, o percentual sobe para 60%”. O McDonald's e a Coca-Cola têm contratos que garantem a exclusividade da venda de alimentos e de bebidas não alcoólicas nos locais que abrigarão disputas olímpicas. No Parque Olímpico, o McDonald's terá a sua maior loja do mundo, para 1.500 pessoas – dez vezes mais que a média de seus restaurantes.

Será que as emissoras de televisão do Brasil, que tem feito de tudo para derrubar a classificação indicativa, tratarão deste tema tão indigesto? Ou será que os bilionários anunciantes realmente pautam a mídia comercial? E dane-se a saúde da população!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...