quinta-feira, 21 de junho de 2012

MALUF É A PEDRA NO CAIXÃO DO PT


COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: Indo no debate do desastroso apoio de Paulo Maluf à candidatura de Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo, Raphael Tsavkko Garcia demonstra mais uma vez seu ceticismo em relação ao PT, que o fez escrever no seu blogue críticas enérgicas ao governo Dilma e ao antigo governo Lula.

Maluf é a pedra no caixão do PT

Por Raphael Tsavkko Garcia - Blog do Tsavkko - The Angry Brazilian

Uma chapa com Haddad (PT), Maluf (PP) e Erundina (PSB) poderia,a té semana passada, ser algo inimaginável, mas na verdade seria inimaginável apenas ANTES de 2002. Depois desta data, das alianças com partidos de direita com a desculpa da governabilidade, tudo passou a ser possível.
---
Depois do texto escrito, a bela e maravilhosa notícia de que Erundina manteve sua ética e história intactas e pulou fora do barco furado. Que o PT durma com Maluf, ela não irá.
---

Depois de 2002 a porteira foi aberta e entraram o PMDB, o PR, o próprio PP nacional, o PSC, o PSD (com Kátia Abreu e Kassab e até Índio da Costa, vice de Serra) e quem mais quiser. MAs poucos esta
vam preparados para o golpe final no que restava do PT: O Maluf.

Sim, o PP estava e está coligado nacionalmente, mas o simbolismo de ter o próprio Maluf, com direito a foto com um Lula e um Haddad sorridentes, é outra coisa. Notem que Lula sequer se dignou a parecer no anúncio da chapa Haddad-Erundina, mas para agradar Maluf, lá foi ele.

A foto é constrangedora. É uma apunhalada na história do PT e em todos que algum dia militaram ou aidna militam por lá e que tem alguma consciência. Claro que não estou falando dos fanáticos que só dizem sim, como José de Abreu e outros, estes não raciocinam, mas tão somente repetem felizes o que a direção manda.

Não vou gastar um segundo sequer para lembrar quem é Maluf, seu trabalho em prol da Ditadura Militar e na ocultação de cadáveres de guerrilheiros falam por si só. Se petistas estão dispostos a se aliar a capacho da Ditadura, é problema deles. Minha consciência e a dos que já saíram daquele partido está intacta. Não precisarei fazer nenhum malabarismo para justificar porque Maluf é "do bem" e Serra é "do mal". Se formos comparar biografias, me perdoem, mas eu prefiro a do Serra - ainda que concorde com todas as críticas feitas a ele e JAMAIS fosse votar na figura, que é um péssimo político, vindo de um partido igualmente ruim.

E pouco me importa o que pensa ou deixa de pensar o PSDB sobre esta aliança. Eles queriam o Maluf e atacam porque não o tem.

Maluf representa a São Paulo velha, degradada, das obras faraônicas e ineficazes que destruíram, por exemplo, o centro de São Paulo. Representa o "rouba, mas faz", o "estupra, mas não mata", criminaliza o pobre, a vítima e sempre acha uma forma de dar um jeitinho e, no fim, é um criminoso procurado em TODOS os países que aceitam a jurisdição da Interpol. Maluf, se colcoar o dedo fora do Brasil será preso pela Interpol e deportado aos EUA para ser julgado.

O que o PT fez foi, basicamente, se aliar a um criminoso procurado em todos os países do mundo. Que deve milhões à São Paulo, que brinca com dinheiro público, um bandido amigo da Ditadura.
Aliado de Haddad: Procurado em centenas de países.

Ao se aliar com Maluf, o PT cospe, pisa em sua históiria e na de seus militantes. Assume que não vê problemas com desvio de dinheiro, com ocultação de cadáver e deixa claro que não se importa nem com a verdade sobre os crimes da Ditadura e nem com a ética na política.

Não que suas atuais alianças, a homofobia institucional, o privatismo neoliberal, a criminalização das greves dos trabalhadores e dos movimentos sociais não sejam, em si, uma vergonha que mancham a história do partido e denunciam seu caráter (sic) atual, mas Maluf é a pedra final no túmulo do partido que um dia foi Socialista, um dia foi de Esquerda, um dia mereceu voto.

Toda aliança tem um custo. Enquanto petistas dizem queestão "cooptando a direita", nós vemos a realidade, das bandeiras rasgadas e deixadas pelo caminho. Da Reforma Agrária que nunca vai acontecer, do respeito aos direitos humanos que hoje são lenda, dos direitos das mulheres ao corpo, do direito à verdade sobre os crimes da ditadura.... Nunca teremos nada disso. Cooptado foi o PT e sua tropa de choque miliciana e fanática. E não tem mais

Aos que dizem que vale tudo pelo poder eu me limito a lamentar e dizer "não, não vale".

Recomendo ao PT que mantenha sua coerência de neo-direita e coloque logo o Maluf como vice, mas dado o esforço do governo federal em criminalizar a luta das mulheres, o Netinho "espancador de mulheres" de Paula não seria má ideia. Mas com Maluf poderíamos ter a chapa "Malddad" e o slogan perfeito seria "Haddad e Maluf, juntos contra o Mal Maior".
---
Recomendo a leitura deste ótimo post da Camila Pavanelli sobre o assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...