segunda-feira, 28 de maio de 2012

A "MARCHA DAS VADIAS" TOMOU CONTA DO PAÍS


COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: A "Marcha das Vadias", nome ironicamente adotado para as passeatas comandadas por mulheres pedindo o fim da violência machista, foi realizada no último sábado em várias capitais do Brasil.

O evento, certamente, contou também com o apoio de homens que também se sentem prejudicados com a violência machista - até porque, na competição amorosa,  muitas vezes os machistas, medíocres como namorados e desastrosos como maridos, são todavia exímios conquistadores - , sem falar de muitos companheiros e amigos das participantes dessas grandes passeatas, solidários pela natural identificação com a justiça social.

Protesto toma as ruas de Brasília pedindo fim da violência

Do Portal Vermelho


As "vadias" invadiram as ruas de Brasília neste sábado. Em movimento pelo fim da violência contra as mulheres, usaram cartazes, fizeram barulho e chamaram a atenção das pessoas contra o preconceito.


A organização do movimento Marcha das Vadias, que teve início no Brasil em 2011, conta com 140 mulheres em Brasília. A manifestação também ocorreu simultaneamente em São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Campinas (SP), Criciúma (SP), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Natal (RN), Salvador (BA), São Carlos (SP), São José dos Campos (SP), Porto Alegre (RS), Recife (PE) e Vitória (ES).


No ano passado, a marcha reuniu mais de 1.000 pessoas em Brasília, com o foco na legalização do aborto. Neste ano, o foco é a violência doméstica.


O grupo começou a se organizar em frente ao Conic por volta de 12h30. A Polícia Militar e o Batalhão de Trânsito da PM acompanham a marcha, com 50 policiais e 6 viaturas. Eles acompanharam todo o evento para garantir a segurança e integridade física de todos os participantes e também para evitar que haja algum tipo de depredação no patrimônio público.


Com cartazes que pedem o fim do preconceito, do racismo e do machismo, as "vadias" saíram nas ruas do DF fazendo muito barulho. O trânsito ficou lento na região do Plano Piloto, já que são cerca de 3.500 mulheres ocupando as ruas da capital federal e "marchando". Elas andaram toda a Esplanada dos Ministérios, área central de Brasília.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...