sábado, 24 de março de 2012

BBB: A DECADÊNCIA DO SUCESSO


LAÍSA FOI UM DOS ELIMINADOS DO BBB 12.

COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: A grande mídia até tenta promover o Big Brother Brasil 12 como grande atração, insistindo no marketing ostensivo. Apostam até mesmo na certeza de um BBB 13 para o ano que vem. Mas a decadência do programa torna-se cada vez mais visível e mesmo as defesas desesperadas dos narloquinhos disfarçados com o capuz esquerdista não conseguem conter o desgaste que o Big Brother Brasil anda sofrendo a cada dia.

BBB: A decadência do sucesso

Por Leila Cordeiro - Blogue Direto da Redação

Não faz muito tempo, ter sucesso na vida para um homem era ter escolhido uma profissão padrão tipo médico, engenheiro, advogado, chegar ao final da faculdade com louvor, formar-se e seguir carreira com consultório ou escritório montado e clientela de prestígio.

Pronto! Isso seria mais do que suficiente para o homem se realizar , tornando-se um bom partido e aí entraria na marca do sucesso também , um casamento com uma “possível” pessoa certa, filhos e casa própria.

Para a mulher, o sucesso sempre foi discutível, pois em tempos passados isso não dependia só dela e de seus feitos e sim de sua aceitação dentro da sociedade. Mais à frente, com a emancipação feminina, a mulher começou a disputar o mercado de trabalho com o homem chegando a ganhar terreno na ocupação de alguns cargos.

Mas isso faz tempo, o sucesso a que me refiro, é hoje muito mais fácil e banal. Tanto para o homem quanto para a mulher é só participar de algum reality-show, criar uns escândalos e desfilar corpos sarados para serem descobertos nas praias da moda como ícones de beleza moderna. Dai para o “sucesso” é um pulo.

O pior é que com o troca-troca de celebridades numa rapidez estonteante, homens e mulheres não conseguem se manter num lugar ao sol por muito tempo, a menos que acordem a tempo de não deixar o tempo apagar sua imagem, e para isso é preciso muito mais do que apenas botar a cara pra bater na TV aceitando ser marionete nas mãos de diretores que só visam o ibope de seus programas.

Chega a doer assistir a tantos fracassados que se acham bem sucedidos protagonizando papéis ridículos nesses programas que só visam achincalhar o ser humano, tentando mostrar que todo mundo tem seu lado de anjo e demônio, de burro e inteligente, de chato e agradável.

Uma realidade que não leva a nada e muito menos ao sucesso, não fossem os meios de comunicação darem tanta força ao que só deseduca, como os BBB’s e Fazendeiros de oportunidade.

Se ainda tentassem ser atores e atrizes. Mas que nada! Para quê? Por que encarar horas de aulas de dramatização quando o sucesso é tão mais fácil de conseguir com caras e bocas, conceitos de vida alienados e muito palavrão? Coisas que não precisam aprender, pois já estão incorporadas à sua falta de educação.

Conseguir sucesso tendo que lutar por vaga em faculdade, fazer exames e estudar? Nem pensar. Imagine “perder tempo” sentados em bancos escolares quando o sucesso está justamente no preparo físico dos corpos? Para que desenvolver a mente quando os músculos é que ditam a moda?

Naquele tempo, no tempo em que se podia andar nas ruas sem violência, o sucesso era verdadeiro, na medida em que se lutava por ele, sem deixar de lado a dignidade e o preparo intelectual. Era muito mais gratificante conquistar espaços do que “preenchê-los” às custas do que pode fazer e representar fisicamente.

Sou do tempo - e nao me envergonho disso - em que o sucesso era conquistado por merecimento, pela luta, pelo aprendizado. Diferentemente do atual, que é conseguido por acaso, numa esquina de rua, nas areias de uma praia, nas boites da moda ou até mesmo nos inferninhos da vida. O que essa gente não tem noção é que, desse jeito, sucesso é feito gripe, dá e passa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...