quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

NÃO, MICHEL TELÓ NÃO VIROU CANTOR DE PROTESTO



Por Alexandre Figueiredo

A onda de factoides não para de produzir. Depois que se tornou duvidoso o caráter "mundial" do sucesso de Michel Teló, que, sabemos, não passou de uns rincões da Europa, agora a velha mídia tenta promover a falsíssima imagem de "cantor de protesto", como se o intérprete da inexpressiva "Ai Se Eu Te Pego" fosse o novo Bob Dylan.

Menos, menos, rapaziada. A notícia sobre o uso da famigerada canção num protesto de trabalhadores de Portugal em nenhum momento releva o cantor breganejo ao posto de "novo cantor de protesto".

O que ocorreu, na verdade, foi o recurso da paródia, do pastiche humorístico. Usa-se de referenciais relacionados ao ridículo para reforçarem o sentido provocativo do protesto, numa linguagem em que o referencial pitoresco não é usado para ser reverenciado, mas sim como um instrumento de sátira, dando um tom humorístico a um protesto.

Portanto não foi Michel Teló que passou a ser "respeitado" como um virtual cantor de protesto, mas sim porque a situação dos trabalhadores portugueses em protesto era de tal modo lamentável, que só mesmo um cantor ridículo para ser usado para chamar a atenção.

Foi justamente essa pegadinha que fez Waldick Soriano ser considerado "cantor de protesto", através de uma delirante pesquisa de estudantes da PUC citada por Paulo César Araújo, no livro Eu Não Sou Cachorro Não. O uso satírico de músicas de sucesso, marcadas pelo tom pitoresco, em nenhum momento enobrece tais músicas. Antes fosse uma forma de dizer que os trabalhadores, cantando coisas ridículas, expõem o ridículo de suas situações.

Portanto, nota zero para Michel Teló e pontos negativos para a turma que defende a breguice dominante no Brasil, que quis, através de uma interpretação equivocada de um fato - o que, em si, é um factoide, o de achar que Teló virou "cantor de protesto" - , reforçar o já duvidoso "sucesso mundial" do cantor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...