domingo, 29 de janeiro de 2012

TECNOBREGA É "FASHION", MAS NÃO É SEM MÍDIA



Por Alexandre Figueiredo

Enquanto Gaby Amarantos vai ao Fora do Eixo reafirmar que o tecnobrega, do qual ela faz parte, "está fora da mídia", o estilo, sobretudo a própria cantora, aparece na mesma velha grande mídia que a intelectualidade associada tanto diz rejeitar os tecnobregas.

É só ver a Revista do Globo, na edição de hoje, páginas 32, 33 e 34 e lá se verá a Beyoncé do Pará - que talvez não tenha consciência de que não se faz cultura alternativa com Beyoncé Knowles - numa sessão de moda, bem à vontade no circuito grão-midiático. O tecnobrega não é sem mídia, mas pode ser "fashion".

Mas talvez os intelectualóides vão logo dizer que se trata de uma operação secreta de ocupação da velha mídia, pura lorota para calouro universitário dormir. Não dá para perceber em Gaby Amarantos, Joelma, Chimbinha, Mr. Catra ou Leandro Lehart, felizes quando entram nos cenários da velha grande mídia, supostos conspiradores guerrilheiros.

Achar que nomes assim estão na velha mídia por conta de um plano rebelde de ataque contra a velha mídia é fazer gozação contra nossa esforçada inteligência.

O tecnobrega, assim como o "funk carioca" e outros estilos popularescos, sempre estiveram de acordo com as regras, os princípios e os interesses da velha grande mídia. E está na cara que os barões da grande mídia e os "artistas" popularescos sempre estão felizes quando se encontram. Não há a menor chance de sequer supor algum plano de ataque contra a velha mídia.

Além disso, Gaby Amarantos é anunciada não só como fã de Caetano Veloso, mas como ídolo do cantor. E Caetano Veloso também é fã de Fernando Henrique Cardoso e de José Serra, além de ter defendido o termo "ditabranda".

A propósito, Fernando Henrique Cardoso e José Serra também são figuras "fora do eixo"? É bem provável que sim...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...