quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

BEM ESTAR: A GLOBO CAUSANDO MAL ESTAR COM O "FUNK"



Por Alexandre Figueiredo

Mais uma vez a união entre o "funk carioca" - onde quer que esse ritmo seja feito - e a velha mídia se expressa tranquilamente, em perfeito xeque mate a certas visões intelectuais que ainda insistem que o ritmo não tem espaço na grande mídia.

Pois o programa Bem Estar, da Rede Globo de Televisão, teve seu momento de Mal Estar, divulgando um vídeo primário com o tal "Funk do Açúcar", com uma letra politicamente correta. O linque sobre o tal vídeo pode ser lido aqui.

O vídeo nem parece que foi feito por estudantes universitários, no caso os alunos da Escola de Nutrição da Universidade de São Paulo, já que a encenação e a própria linguagem do vídeo são típicos de alunos de escola primária, atual ensino fundamental, numa escola de má qualidade.

E se vê que são jovens de classe média, não a nova classe média progressista que a mídia quer deturpar, mas a classe abastada que enxerga as periferias com a visão paternalista dos intelectuais dominantes.

A letra é tola e o som é daquela linha repetitiva do atual "funk carioca" que apela para sons de buzinas. Todo o "funk carioca" é medíocre, ou melhor, ruim mesmo, e essa apologia ao mau gosto mais ofende do que honra o povo pobre que durante anos foi induzido a "gostar" do "funk carioca" assim como todo consumidor é induzido a comprar um automóvel.

Tudo é marketing, no "funk carioca". Tudo é demagogia e tendenciosismo. E é lamentável que estudantes universitários de hoje tenham que investir num vídeo pouco criativo, e investindo num ritmo brega-popularesco.

É esse pessoal que vai comandar o nosso país? Só se for no Brasilzinho medíocre que deixa o Merval Pereira ingressar na Academia Brasileira de Letras.

Nota zero para os mauricinhos e patricinhas que apostaram no "funk carioca" para condenar o uso excessivo de açúcar. Até porque junk music não previne necessariamente o risco de diabetes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...