sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

O BANDIDO JOÃO DIAS E A MAFIOSA VEJA



COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: A revista Veja, no seu simulacro de "jornalismo investigativo", que não passa de puro denuncismo, na obsessão de desmoralizar o então ministro dos Esportes, Orlando Silva, deu ouvidos a um corrupto e bandido, que ainda por cima fez uma invasão, atacou duas funcionárias, fez comentários racistas e mostrou um pacote de dinheiro, como se quisesse subornar quem o prendesse.

Ainda por cima, o ex-policial é acusado de enriquecimento ilícito, desvio de verbas públicas e homicidio, e não bastasse isso ainda cometeu agressão contra um policial, o que dá penas mais graves.

E a "indispensável" Veja dá ouvidos a uma pessoa com uma ficha criminal dessas. Sinal do que Veja realmente é, um veículo sem qualquer credibilidade.

O bandido João Dias e a mafiosa Veja

Por Altamiro Borges - Blog do Miro

O policial João Dias, o bandido-fonte da Veja no linchamento do ex-ministro Orlando Silva, voltou a ser preso hoje (8). Na grotesca invasão ao Palácio Buriti, quando atacou duas funcionárias, gritou palavrões, esbanjou racismo e exibiu um pacote com R$ 159 mil, ele também agrediu um policial.

Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, a sua prisão está amparada no Artigo 209 do Código Penal Militar, porque ele quebrou o dedo de um sargento destacado para contê-lo. O crime, portanto, não é pela agressão às servidoras públicas, mas por ferir um integrante de sua própria corporação.

Cadê a punição à revista Veja?

João Dias está detido na Corregedoria da PM e será levado para uma ala especial do presídio da Papuda, onde ficam os presos militares. Na prisão de ontem, ele pagou uma fiança de R$ 2 mil e foi liberado. Agora, voltou à cadeia. O Código Penal Militar é rigoroso contra policiais que atacam os seus pares.

Esse criminoso "amalucado" e violento foi a principal fonte da revista Veja contra o ex-ministro dos Esportes. Fez inúmeras denúncias sem apresentar qualquer prova. Destruiu a imagem do jovem Orlando Silva. Agora, ele está preso. E a criminosa revista Veja? Ela ficará impune por seu crime?

Ela deu espaço nobre para um bandido - acusado por desviar recursos públicos, por enriquecimento ilícito (uma mansão, três carrões importados e duas academias de ginástica) e até por homicídio. Será que ninguém fará nada contra este tipo de jornalismo criminoso, murdochiano?

O governo continuará evitando o debate na sociedade sobre a regulação da mídia? Será cúmplice dos crimes destes jagunços midiáticos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...