sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

JORNAL NACIONAL ERRA CONCORDÂNCIA GRAMATICAL



Por Alexandre Figueiredo

O Professor Di Afonso chamou a atenção para mais um erro ocorrido na nossa "perfeccionista" grande imprensa, cada vez mais sujeita a gafes intermináveis.

Pois o apresentador William Bonner, editor-chefe do Jornal Nacional e conhecido por sua locução impecável e, até pouco tempo atrás, pelo zelo com a língua portuguesa, deixou passar um deslize gramatical grave, um "mico" transmitido em rede nacional e até pelo mundo, seja pela Internet ou pela Globo Internacional.

Disse ele, a respeito de uma notícia relacionada às riquezas produzidas no país: "(...) O IBGE divulgou alguns dados que mostram a relação entre as riquezas produzidas no Brasil e como ela é distribuída entre os municípios".

Evidentemente, não é a "relação" que é distribuída entre os municípios, portanto o que sobrou do sentido desta frase é um erro gramatical sério: "as riquezas (...) distribuída (sic) entre os municípios".

A gafe vem logo na atual fase do noticioso "global", que pelo jeito não está bem sucedida na audiência, tendo até piorado seus pontos no Ibope, até porque, por pior que o JN tenha sido nos últimos anos, para seu público conservador havia, antes, pelo menos um clima mais "família" com Bonner apresentando o programa ao lado da esposa.

Hoje, rompida a bancada conjugal - já que Fátima hoje está "de molho" enquanto planeja seu novo programa para o próximo ano - , o JN não deixou de ser o programa insosso de sempre, está até mais parecido com "A Voz do Brasil" do rádio, nos tempos de FHC. E muitos perguntam se Patrícia Poeta não seria uma espécie de "pé frio" da Globo, apesar de ser esposa de um de seus executivos, porque também sob seu comando o Fantástico também havia tido sérias quedas no Ibope.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...