domingo, 18 de dezembro de 2011

DEVEDORA E SEM IBOPE, REDE TV! NAUFRAGA



COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: A debandada gradual do Pânico na TV, sobretudo pela transferência de várias paniquetes para outros canais de TV, pode não parecer sinal de decadência, mas mostra que até o programa é afetado pela crise da Rede TV!, que atinge níveis delicados. Em todo caso, é o pânico na TV, literalmente.

Devedora e sem Ibope, RedeTV! naufraga

Do portal Brasil 247 - Reproduzido também no Blog do Miro

A RedeTV! vive seu pior momento em 12 anos de história na concorrida e quase monopolizada TV aberta brasileira. Apresentadora do SuperPop, Luciana Gimenez anda conversando com a Band. Casada com o sócio minoritário da emissora, Marcelo de Carvalho, a ex-modelo viu completarem quatro meses sem salário, enquanto Daniela Albuquerque, mulher de Amilcare Dallevo (o sócio majoritário), que aparece num programa matinal, está com o salário em dia – e assim permanecerá, em seu período de gravidez.

E a retirada de pro-labore para ele [Marcelo] também ficou complicada. Agora, é Marcelo quem espalha a possível venda para um grupo americano chamado Global Eagle, supostamente ligado à MGM. Contudo, nenhuma transação será efetuada se não for resolvida a pendência com o Banco Rural, hoje aproximadamente de R$ 100 milhões. Para quem não sabe, Rural e TV Ômega (razão social da emissora) se digladiam na justiça há anos, onde correm quatro processos diferentes.

Num deles, sigiloso, o banco revela procedimentos contábeis e financeiros da TV Ômega com os quais, literalmente, não concorda. Os problemas da emissora não param por aí. A audiência, na média, nos últimos dias, conseguiu ser inferior a da TV Cultura. O programa jornalístico comandado por Kennedy Alencar, no final da tarde, Tema Quente (patrocinado pela Petrobras), tem audiência média de 0,2.

A RedeTV! planeja, como já aconteceu com o SBT, executar uma estratégia de redução de salários. Ficam de fora o pessoal do Pânico na TV (dá audiência e faturamento) e a superintendente artística Mônica Pimentel (mais de R$ 100 mil mensais). Para piorar, a emissora não conseguiu até agora certidão negativa (Receita e INSS), que está completando quatro meses de vencimento de sua concessão de funcionamento no Ministério das Comunicações.

Fica a pergunta: a RedeTV! terá o mesmo destino da sua antecessora, a TV Manchete do polêmico empresário ucraniano Adolpho Bloch?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...