sábado, 12 de novembro de 2011

SILVIO BERLUSCONI RENUNCIA



Por Alexandre Figueiredo

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, cumpriu sua promessa de renunciar e deixou o cargo hoje, depois que a Câmara Baixa do Parlamento Italiano aprovou medidas de austeridade econômica reivindicadas pela União Europeia.

Berlusconi pôs fim à sua era de 17 anos no poder, e estava há nove anos consecutivos no recém-encerrado mandato de chefe do Parlamento. Ele apresentou sua renúncia ao presidente do país, Giorgio Napolitano.

Silvio Berlusconi é um dos homens mais ricos da Itália, além de ser um dos mais poderosos barões da grande mídia local e também um dos mais influentes dirigentes esportivos do país, sendo "cartola" do Milan. Ele também estava marcado pelos escândalos sexuais que envolviam relações com prostitutas, cujas denúncias causaram a reação de protestos populares, sobretudo de feministas.

O Orçamento italiano foi aprovado por 308 votos dos parlamentares, oito a menos do que o quorum necessário para a maioria absoluta. Houve também 321 abstenções. Mas isso já significou uma derrota para Berlusconi, que, sem apoio, decidiu renunciar ao cargo.

Quando Berlusconi chegou em seu carro, escoltado por um comboio, ao Palácio Quirinale, sede da Presidência da República italiana, foi vaiado pela multidão, que gritava xingações como "Palhaço" e exibia faixas dizendo "Bye Bye Berlusconi". Sabendo da renúncia do primeiro-ministro, alguns manifestantes decidiram tocar a sinfonia "Aleluia", da oratória "O Messias", de Georg Häendel.

O favorito para suceder Berlusconi, o senador vitalício Mario Monti, é conhecido pelas boas relações que possui com as demais autoridades e investidores europeus e deve adotar medidas tecnocráticas para resolver a crise econômica da Itália.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...