sexta-feira, 1 de julho de 2011

OS "NOVÍSSIMOS" MOVIMENTOS SOCIAIS DO BRASIL



COMENTÁRIO DESTE BLOGUE: As mobilizações de rua que acontecem nos últimos meses ainda estão longe de representarem movimentos sociais com o caráter impactuante das manifestações ocorridas no Egito, na Espanha e na Grécia (que passa por uma séria crise econômica). Sem dúvida alguma, muitas dessas mobilizações são válidas, expressivas e eficazes, mas ainda é cedo para dizer que uma revolução social acontece no país, até porque, por outro lado, temos também manifestações bastante reacionárias.

Os "novíssimos" movimentos sociais do Brasil

Por Rudá Ricci - Blogue de Esquerda em Esquerda

Afirmar que são movimentos sociais é forçar teoricamente. São mais mobilizações que movimentos sociais, dado que são intermitentes, talvez nem isto.

Mas as manifestações de massa que ocorrem em algumas capitais do país. O palco mais recente foi São Paulo, que sediou duas manifestações gigantes: a Marcha para Jesus (evangélica) e a Parada Gay.

Contardo Calligaris, em artigo publicado ontem na Folha de São Paulo (página E10) dá o tom do que acredito ser uma expressão pós-moderna ou fragmentada (ou ao estilo das redes sociais virtuais) de mobilização social: são passeatas muito diferentes.

A Parada Gay propunha liberdade de existência e a pluralidade. Já a manifestação evangélica foi contra a liberdade de existência. Portanto, estavam em pólos absolutamente equidistantes do ponto de vista ideológico e até mesmo ético.

Uma manifestação, como ressalta Calligaris em seu artigo, é libertária, enquanto a outra é censora ou repressora.

Este é o Brasil do Século XXI: exacerba nossa imagem esquizofrênica.

Um comentário:

  1. Essa é a característica principal dos esquizofrênicos movimentos sociais de hoje em dia: eles só brigam por causas de interesse exclusivo de seus manifestantes, não se preocupam com causas cívicas (que interessam à população como um todo) e são capazes de passar por cima de direitos de outros grupos. Como esses dois movimentos que combatem um ao outro: a Parada do Orgulho Gay e a Marcha Para Jesus, que nunca foi para Jesus, exatamente, e que costumo chamar de "Parada do Orgulho Hétero". Já os reacionários nunca reconhecerão movimento social algum, mesmo os mais antigos e legítimos. O único movimento "social" que reconhecem é o dos tchutchucos e tchutchucas balançando o popozão e descendo até o chão nos bailes de fânqui carioca.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...