quarta-feira, 6 de abril de 2011

DIRIGENTE FUNQUEIRO É COLUNISTA DE JORNAL DAS ORGANIZAÇÕES GLOBO



Um conhecido dirigente do "funk carioca" decidiu fazer jogo duplo e, escrevendo para um periódico da imprensa esquerdista, agora é também colunista do jornal Expresso, concorrente das Organizações Globo para o jornal-jagunço Meia Hora.

O que mostra o quanto o "funk carioca" faz jogo duplo. Primeiro, tenta aliciar a opinião pública de esquerda, para vender a falsa imagem de "movimento social" (que, no fundo, não passa de conversa para boi dormir).

Depois, quando conseguiu o que queria, os barões do "funk carioca" recorrem à mídia golpista, coisa que toma de surpresa a esquerda festiva, mas não surpreende pessoas experientes como Emir Sader, Venício A. de Lima e José Arbex Jr., que nunca confiaram no estilo.

Até porque, se lermos com atenção os textos de Venício Artur de Lima, concluiremos que o "funk carioca" é um dos filhotes da propriedade cruzada dos meios de comunicação. Não passa de uma dance music metida a "canção de protesto".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...