terça-feira, 22 de março de 2011

PROTÓGENES QUEIROZ "PAQUERA" PSD, MAS NEGA SAÍDA DO PC DO B



Por Alexandre Figueiredo

É um disse-me-disse danado. Protógenes Queiroz, o ex-delegado que virou político depois que se projetou nas investigações de corrupção de vários banqueiros, sobretudo Daniel Dantas, começou se aproximando do PSOL, mas depois se filiou ao PC do B, um partido que anda causando estranheza através do ex-líder estudantil Aldo Rebelo, que anda agradando muito a bancada ruralista do Congresso Nacional.

Pois não é só Rebelo que adota uma atitude politicamente esquizofrênica, Protógenes foi a Salvador, sua terra natal, para saudar o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, que no momento faz sua campanha para formar o elenco do "novo" Partido Social Democrático, que formará com o PTB a dupla de mortos-vivos da política nacional.

Afinal, já sabemos, não teremos novamente o PSD de Ernâni do Amaral Peixoto (que os mais jovens conhecem como nome de avenida em Niterói) e de Juscelino Kubitschek, e nem de Tancredo Neves, mas o PSD de Gilberto Kassab, e que pretende ter a senadora ruralista Kátia Abreu nos seus quadros.

Da mesma forma, também não temos o PTB de Getúlio Vargas e de João Goulart, nem sequer o de Leonel Brizola, mas o de Roberto Jefferson (coleguinha de Wagner Montes em O Povo na TV) e de Fernando Collor.

A princípio, Protógenes diz que não irá se desligar do PC do B, mas dá sinais do quanto este partido está ligado ao grupo kassabiano (não confundir com o grupo inglês Kasabian). No entanto, o ex-delegado também disse que iria para o PSD se Kassab o convidasse para integrar o partido para a campanha municipal paulistana de 2012, cargo cobiçado por Queiroz.

Devido ao seu trabalho e à sua dúbia posição, Protógenes viveu uma relação de amor e ódio tanto pela mídia esquerdista quanto pelo PiG. Seus trabalhos investigativos, junto a sua equipe, sobre o caso do banco Opportunity e de outros "negócios" de Daniel Dantas, o fizeram ser hostilizado pela imprensa golpista (até a revista Piauí foi solidária a Dantas, alertou a Carta Capital) e badalado pela imprensa de esquerda.

No entanto, Protógenes tornou-se "astro" da Rede Globo e da Folha de São Paulo, e com o tempo passou a voltar seus "ventos" para o grupo ligado ao DEM paulistano. Chegou a dizer que Gilberto Kassab foi responsável por "uma das melhores administrações da história de São Paulo".

Aí Protógenes virou o jogo, deixando de ser o algoz do PiG para ser seu queridinho, enquanto a mídia esquerdista passou a não ter confiança nele. Fora uma parte da mídia esquerdista que sempre manteve os pés atrás numa figura como ele.

Saindo ou não do PC do B, Protógenes Queiroz já não tem mais condições de ser uma figura respeitável dentro da autêntica esquerda brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...