domingo, 20 de março de 2011

MÍDIA PRÓ-BREGA AGORA DESQUALIFICA PÚBLICO



Por Alexandre Figueiredo

Diante do texto-lobby que o Segundo Caderno de O Globo fez com o guitarrista da Banda Calypso, Chimbinha, reflete uma reação da grande mídia conservadora - o Partido da Imprensa Golpista citado por Paulo Henrique Amorim - aos textos que contestam o brega-popularesco, inclusive os publicados neste blog.

Depois que o Mingau de Aço destacou que o tecnobrega era rejeitado pelo jornalista paraense Lúcio Flávio Pinto, o discurso de "sucesso entre o público" dos antigos textos sobre o brega paraense foi trocado agora pela "rejeição" desse mesmo público.

Agora, o ponto "positivo" vem da "generosidade" de músicos e produtores dos grandes centros, antes os "vilões" da campanha, que, ironicamente, eram associados à "discriminação" sofrida pelo forró-brega e tecnobrega paraenses.

Note agora o discurso que o jornalista Leonardo Lichote escreveu, sobretudo exaltando a pirataria como um suposto mercado de ascensão de novos ídolos. Mais tarde, falaremos sobre a pirataria como forma de expansão do brega-popularesco. Entenda-se "peça de humor involuntário" como ridicularização. E nota-se também a alusão neoliberal da expressão "modelo de negócios"). Note o trecho grifado por mim.

Aqui está o texto:

O nome do artista (Chimbinha) ficou mais conhecido quando a Banda Calypso (com seu modelo de negócios que, se aproveitando de forma original das facilidades da tecnologia digital das facilidades da tecnologia digital e do circuito da pirataria, se tornou um fenômeno de vendas) chamou a atenção das capitais "do Sul". Enquanto seu trabalho na Calypso com a cantora Joelma (sua mulher) era olhado com um misto de desprezo e peça de humor involuntário pelo público dessas capitais, músicos e produtores começaram a prestar atenção no talento de Chimbinha. Em 2008, ele foi escolhido - pela votação de seus colegas artistas - o guitarrista da Banda dos Sonhos na entrega do prêmio VMB, da MTV.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...