terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

NOS 90 ANOS DA FOLHA, AS "FAÇANHAS" DE OTÁVIO FRIAS FILHO


TRANSPARÊNCIA, NESTA FOTO, SÓ A DO COPO DE ÁGUA EM CIMA DA MESA.

COMENTÁRIO DESTE BLOG: Nos 90 anos da Folha de São Paulo, as posições conservadoras do empresário Octavio Frias de Oliveira estiveram dentro da normalidade ideológica imaginável. Seu filho, Tavinho Frias, é que inovou nas posturas às vezes tendenciosas, noutras reacionárias, do periódico paulistano.

A Folha de São Paulo é tão hilária que foi ela, através da DINAP (de seus amiguinhos do Grupo Abril), mandou um de seus maiores críticos musicais, Pedro Alexandre Sanches, para defender o "brazil cafona" na imprensa de esquerda.

As façanhas de Otávio Frias Filho

Publicado no blog Expobesta.

Otávio Frias Filho, um dos grãos-senhores da nobreza midiática brasileira, é realmente um homem de grandes façanhas.

Pôde travestir a Folha de São Paulo num jornal "democrático e moderno", cerca de 15 anos depois do periódico paulistano dar sua contribuição ao regime militar, emprestando viaturas para os torturadores da OBAN e do DOI-CODI.

Expulsou os jornalistas de esquerda da redação da Folha, para depois, com o Projeto Folha, dar ao jornal a falsíssima imagem de "imprensa de esquerda".

Processa e quer censurar um blog - FAlha de São Paulo, dos irmãos Lino e Mário Bocchini - , mas quer se demonstrar "ardente defensor da liberdade de expressão".

Acusa o FAlha de São Paulo de "plagiar" o nome do jornal, mas permite que seu cartunista Angeli publique charges parodiando a logomarca do McDonald's.

Otávio Frias Filho foi capaz de se referir ao regime militar que tanto sofrimento causou aos brasileiros como "ditabranda", como se os 21 anos de arbítrio, repressão e mortes fossem apenas o mais suave dos governos exercidos em nosso país.

Otávio Frias Filho se diz um intelectual. E que namorou até atrizes.

E ainda tem mais.

Tavinho Frias ainda pôde empurrar, para a imprensa de esquerda, seu mais querido crítico musical, Pedro Alexandre Sanches.

E o pupilo de Frias, Pedro Alexandre Sanches, foi empurrar sua indigesta paçoca goela abaixo nos caros amigos.

E está muito perdido na imprensa de esquerda, defendendo as mesmas crenças na cultura popular(esca) dos barões da Folha de São Paulo e da dupla Rede Globo / O Globo.

Só falta Tavinho Frias pedir de volta o passe de seu colunista-paçoca que, apesar de muito badalado, não anda convencendo a blogosfera progressista séria de que é o bambambam da crítica cultural.

Se fizer isso, Tavinho Frias poderá finalmente posar de herói para seus coleguinhas do Instituto Millenium.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...