terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

ITALIANAS EXIGEM RENÚNCIA DE BERLUSCONI


ESTÁ RINDO DE QUÊ, BERLUSCONI?

COMENTÁRIO DESTE BLOG: As mulheres italianas, aproveitando as ondas de movimentos sociais em várias partes do mundo, também realizam grandes passeatas pedindo a renúncia do primeiro-ministro e chefão da mídia local. O motivo é que Berlusconi, machista e pedófilo, está depreciando com a imagem da mulher italiana.

Mas, no Brasil em que "movimentos sociais" são apenas a juventude da periferia ir que nem gado para eventos de "funk carioca", tecnobrega etc, até o machismo é enrustido. Pretensas musas podem posar de "freiras sexy" ou injetar mais silicone nos glúteos que são tidas como "feministas", mesmo que limitem, em suas carreiras, a mostrar o corpo e falar/fazer bobagens.

Italianas exigem renúncia de Berlusconi

Do Blog Viomundo - Reproduzido também no Blog do Miro

Neste domingo, em mais de 200 cidades da Itália, as mulheres protestaram contra o primeiro ministro Sílivio Berluconi, pedindo a sua renúncia. Envolvido em escândalos sexuais, inclusive com menores de idade, Berlusconi é acusado pelas organizadoras das manifestações de enfraquecer a posição das mulheres na sociedade italiana ao tratá-las como objetos e reforçar estereótipos de gênero ultrapassados.

As manifestações também chamaram a atenção para as dificuldades da mulher italiana e reivindicaram seu direito de trabalhar, ter ajuda (creches, jornadas de trabalho menores), caso queira ter filhos e fim das discriminações.

Organizadas por meio de uma petição na internet , elas refletem a crescente revolta com o premiê, que em breve pode enfrentar um julgamento por conta de um escândalo de prostituição em um país onde as mulheres de classe média são parte significativa de seu eleitorado.

Uma das maiores concentrações ocorreu na Piazza del Popolo, em Roma, com grande participação também de homens e crianças. Segundo o L’ Unità, em toda Itália, 1 milhão saiu às ruas para pedir a saída do governo de Berluconi.

“As pessoas que se manifestam em inúmeras cidades italianas pertencem ao movimento antiBerlusconi promovido pela esquerda”, afirmou Fabrizio Cicchitto, chefe dos deputados do Povo da Liberdade (PDL, de Berlusconi), na tentativa de minimizar os protestos deste domingo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...