segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

VEJA E O "BOM-MOCISMO" DE LUCIANO HUCK



COMENTÁRIO DESTE BLOG: Será que vale a pena nos calarmos diante dos abusos da grande mídia, como querem certos "donos da verdade"?

Veja e o "bom-mocismo" de Luciano Huck

Do blog Lado B - Reproduzido também no Blog do Miro

O mundo “explodindo” em convulsões sociais, protestos e catástrofes climático-ambientais à espera de iniciativas que diminuam os impactos de seus efeitos, de mudanças de atitude, e a revista semanal de maior circulação no país ignora tudo isso. Ela estampa uma capa estilo “Caras”, colocando o casal Angélica e Luciano Huck em destaque. Cuma?!

Mas o bom e velho jornalismo resiste bravamente na capa de outra revista, com menor poder de inserção, mas coerente com sua linha editorial e com a missão de se pautar pelo interesse público: a CartaCapital.

À revelia do “bom mocismo” que Veja tenta colar à sua imagem, Huck se defende de processo contra ele por acusação de crime ambiental movido pela Prefeitura de Angra dos Reis desde 2007:

*****

Luciano Huck é processado pela Prefeitura de Angra dos Reis
"A Prefeitura de Angra dos Reis move uma ação civil pública contra Luciano Huck. O apresentador teria feito contruções irregulares em sua casa de veraneio no município e causado danos ao meio ambiente. Huck ainda não foi informado oficialmente da ação. Oficiais de Justiça foram à TV Globo mas não conseguiram encontrá-lo. A assessoria de imprensa de Luciano afirmou que ele não tem conhecimento da ação, nem da visita de algum oficial de Justiça. A assessoria afirmou ainda que esse processo surpreende porque a planta e o habite-se da residência foram devidamente aprovados pela Prefeitura de Angra".

Luciano Huck estaria sendo processado pela Prefeitura de Angra dos Reis, diz jornal

*****

Para elucidar o porquê da decisão de Veja colocar o “bom mocinho” Luciano Huck na sua capa esta semana, basta consultar detalhes do processo que ele responde. Mesmo vencedor da ação em primeira instância, Huck terá a casa vistoriada por perícia e o Ministério Público do Rio de Janeiro, que recorreu da decisão, exige que ele deposite o valor das custas processuais. Confira e tire suas próprias conclusões.

Veja, agora, se presta a fazer assessoria de imprensa às celebridades? A revista se supera!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...