segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O HORROR DA DIREITA BRASILEIRA ÀS MOBILIZAÇÕES POPULARES


PROTESTOS CONTRA HOSNI MUBARAK AGITAM O EGITO E REFLETEM ATÉ EM MANIFESTAÇÕES EM WASHINGTON, EUA, PAÍS QUE PROTEGE POLITICAMENTE O DITADOR EGÍPCIO.

Por Alexandre Figueiredo

Dá para perceber por que manifestações reacionárias vieram à tona contra vários sítios progressistas, na Internet.

São fatores de ordem local, relativos ao Brasil, mas também são fatores de ordem internacional envolvendo as classes populares.

Vamos aos fatores internacionais, primeiro.

Nas últimas semanas, intensas manifestações de protesto derrubaram o ditador Ben Ali, na Tunísia, e agora outras manifestações similares, organizadas pelas classes populares, pedem a saída do ditador egípcio Hosni Mubarak, protegido pelo imperialismo norte-americano.

Quanto aos fatores nacionais, nota-se a decadência da grande mídia golpista e das tendências do brega-popularesco a ela vinculadas, numa crise que envolve até mesmo o desgaste de valores associados ao machismo, como o culto às popozudas, e à domesticação do povo pobre, processo que já começa a sofrer risco com as conquistas sócio-econômicas e a evolução gradual da Educação.

Isso causa fúria, tanto entre jovens internautas reacionários - que se protegem pelo verniz da pouca idade para não serem vistos como reacionários - quanto entre os chamados "calunistas" da grande imprensa, que tentam desmoralizar, de uma forma ou de outra, blogues como Mingau de Aço, FAlha de São Paulo e outros.

Claro que é um reacionarismo à maneira do "jeitinho brasileiro", que segue a cartilha das manifestações direitistas que pediram a ditadura militar em 1964.

Da mesma forma que tais manifestações falavam em "liberdade", "família cristã", "livre iniciativa", "livre propriedade" e "liberdade de imprensa", os reaças atuais falam em "liberdade do corpo", "liberdade cultural", "expressão das periferias", "valorização do povo pobre", em argumentos que mais parecem de estagiários bem-sucedidos da revista Veja.

E ainda falam bem do PiG. Hoje elogiam o Fausto Silva, amanhã vão canonizar o Ali Kamel.

É o grande temor que a direita tem da evolução dos valores sociais. De ver que as populações das favelas estão emancipando sócio-econômica e culturalmente, o que faz seus jovens se afastarem da escravidão demagoga do "funk carioca". De ver que até mesmo as escolas de samba estão preferindo moças classudas como Ellen Rocche e Sheron Menezes em detrimento das ocas popozudas, de ver que as moças da periferia terão outros sonhos que não sejam o de balançar os glúteos em grupos de "funk" ou porno-pagodão.

Esse temor alarmista e fascista, que desperta iras de jovens de extrema-direita escondidos em suas camisetas saradas e ar de falso rebelde, que os faz reagir no seu reacionarismo que são incapazes de esconder, feito "Hosnis Mubaraks de bolso", leituras teen de Olavo de Carvalho.

Tentam inverter o discurso reacionário falando em "democracia", "cultura popular" e "direitos humanos", mas dentro daquela visão quase medieval, que no fundo quer que o povo pobre fique sempre subserviente à mídia e vá que nem gado para os galpões mega-shows da vida para consumir os "sucessos do povão".

Mas o teatrinho irritadiço deles só revela o horror que eles sentem por intelectuais que querem melhoria de vida para o povo, o horror de que o povo se livre dessa falsa cultura popular patrocinada pelo latifúndio, o horror de ver o povo pobre falando como gente, as mulheres pobres rompendo com sua aparente sina de mulheres-objeto e tudo o mais.

No fundo, o horror que contagia até mesmo a direita dente-de-leite é o medo paranóico de que as mobilizações populares do Egito e da Tunísia sirvam de exemplo para o povo brasileiro romper com o poder latifundiário e com os barões do entretenimento brega-popularesco.

Mas é esse horror, mesmo dentro de um discurso "bonitinho", é que comprova o ímpeto extremo-direitista que contagia de trolls a "calunistas".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...