quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

A FOLHA FALHOU AO NÃO DEIXAR O FALHA FALAR


COMENTÁRIO DESTE BLOG: A Folha de São Paulo, através do processo movido contra os irmãos Bocchini, que fazem o satírico blog Falha de São Paulo, deixou definitivamente cair a máscara e mostrou se um veículo reacionário da grande mídia, talvez tão reacionário quanto o Estadão. E, pior, mais reacionário ainda por agir com fúria, e contradizendo a antiga aura "moderna" que durante anos beneficiou o jornal que colaborou com o regime militar.

A Folha de S. Paulo falhou (pisou na bola) no caso “Falha”?

Por Luiz Flávio Gomes - Enviado para Viomundo - Reproduzido também no blog Ronaldo - Livreiro

Meus amigos (as): o reputadíssimo jornal Folha de S. Paulo, de acordo com sua Ombudsman Suzana Singer (Folha de S. Paulo de 09.01.11, p. A6), está correndo sério risco de pagar um mico tremendo. Resolveu entrar com ação judicial contra o blog “Falha de S. Paulo”, dos irmãos Lino e Mario Bochini, para preservar a sua marca.


Ocorre que a liminar que a Folha ganhou para retirar o Falha do ar está repercutindo como censura, como violação à liberdade de expressão. Afinal, o blog era de sátira, era humorístico. E ninguém iria falhar no juízo para confundir a Folha com o Falha.

Suzana Singir disse que a Folha teve sua imagem muito mais prejudicada do que se tivesse simplesmente ignorado as pedrinhas dos irmãos blogueiros. Ela afirmou isso depois de o Financial Times ter escrito que a reputação da Folha desandou. O castigo não falha, diria a turma do Falha.

Julian Assange (do WikiLeaks) disse: “A censura é um problema especial quando ocorre de forma camuflada. Sempre que há censura, ela deve ser denunciada”. O jornal O Estado de S. Paulo já está sob censura explícita há 527 dias. Lamentável! A “censura” do Falha repercutiu também na Revista Wired e os Repórteres sem Fronteiras estão censurando a Folha por ter retirado do ar o Falha.

Caro amigo (a): você acha que a Folha falhou no caso Falha? Você acha que uma liminar, conquistada por um jornal reputado como a Folha, para retirar do ar um blog, não iria ter falha, por dar a conotação de censura? A Folha falhou ao não deixar o Falha falar?

Será que a Folha achou que ela também não pode falhar? (todos somos humanos…). Depois da reprovação da própria Ombudsman você acha que o jornal Folha tem que falar? Terrível é que agora não existe mais o Falha para afirmar que a Folha não fala.

Na nossa vida, quando falhamos, você acha que nós devemos falar ou não? Depois do que afirmou o Financial Times, a maior falha da Folha seria não falar? Você não acha?

Em suma: o jornal Folha falhou ou não falhou no caso Falha? O que você acha? Se o Falha não fala mais, ainda bem que o jornal Folha tem uma Ombudisman que fala, mesmo quando se trata de falar que a Folha perdeu pontos com o Falha. A Ombudsman não falhou, nem sequer no momento em que a Folha calou o Falha. Parabéns para ela. E também para a própria Folha, que pode falhar em algum momento (como todo ser humano), mas não falha na hora de ter alguém independente dentro dela que lhe aponte eventual falha. Na nossa vida, tão importante quanto não falhar, é ter alguém do nosso lado que aponte as nossas falhas. Siga-me. Compartilhe esse texto. Manifeste. Dê sua opinião.

LUIZ FLÁVIO GOMES é Doutor em Direito penal pela Universidade Complutense de Madri e Mestre em Direito Penal pela USP. Foi Promotor de Justiça (1980 a 1983), Juiz de Direito (1983 a 1998) e Advogado (1999 a 2001). Blog: www.blogdolfg.com.br. Twitter: www.twitter.com/ProfessorLFG.
"

Um comentário:

  1. Como dizia o oitavo dos Dez Mandamentos da Lei de Moisés: "Não levantarás falso testemunho contra teu irmão".

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...