sábado, 1 de janeiro de 2011

DILMA ROUSSEFF QUER AVANÇAR CONQUISTAS SOCIAIS DE LULA



Por Alexandre Figueiredo

Dilma Rousseff anunciou que vai mesmo avançar nas conquistas sociais obtidas nos oito anos de governo do antecessor, Luís Inácio Lula da Silva.

Ela já tem agendada uma reunião com seu ministério para elaborar um programa de combate à pobreza extrema, além de criar programas específicos de financiamento e de capacitação profissional, que ela define como portas de saída do Bolsa Família.

O desafio da presidente é retirar da miséria cerca de 18 milhões de brasileiros. A presidente também afirmou que fará programas em prol da saúde e segurança pública.

PSEUDO-ESQUERDISTAS POSTOS À PROVA

Assim como nos dois governos de Lula, em que os avanços sociais efetuados pelo então presidente puseram à prova o amplo, heterogêneo e por vezes tendencioso apoio dado a ele, o governo Dilma também fará o mesmo, já que a ousadia de seu programa, quando posto em prática, poderá desagradar muitos dos "esquerdistas de ocasião" que "tão entusiasmadamente" apoiaram sua campanha eleitoral.

O programa pode desafiar os interesses ocultos desses pretensos esquerdistas, o que pode complicar a base de apoio. Certamente o Brasil irá melhorar muito com os avanços prometidos por Dilma, mas desagradarão aqueles que tendenciosamente a apoiaram, acreditando que ela não iria adiante.

Afinal, o programa irá mostrar quem são os verdadeiros esquerdistas, quem realmente está comprometido com as reformas sociais, com o progresso do país. Não serão, certamente, garotões ricos com aparência de surfista e gírias de funqueiro, como também não serão os professores mineiros que falam grosso nos fóruns de Internet e tentaram falar macio com os petistas.

Certamente virão novas Sônia Francine, Fernando Gabeira, Marcelo Madureira no caminho. Gente que havia sido "petista até morrer" há oito anos atrás. Ou gente que, não sendo petista, se autoproclamava "trotskista", mas cobrindo seus livros de Roberto Campos com capas de papel com fotos de Leon Troski.

É gente que, com cinismo hipócrita, se queixava de que lhe "chamavam de direitista por discordar em certos pontos, querendo desunir-nos", mas depois justificará sua adesão a um grupo direitista pela "natural vocação do diálogo e da independência ideológica". Os Eugênio Raggi de hoje serão os Marcelo Madureira de amanhã.

Uma das maiores cautelas é com o PMDB. Único partido remanescente da ditadura militar, o partido hoje está na base aliada do quadro político atual. Mas é um partido sem identidade, que joga com o tendenciosismo do poder (daí o termo "fisiológico"), às vezes dotado de ideias retrógradas como o estrategismo político-militar de Nelson Jobim e o projeto urbanístico de Eduardo Paes, incluindo seu modelo ultrapassado de transporte coletivo, baseado no projeto de Jaime Lerner lançado no auge da ditadura militar.

Por isso cabe às esquerdas uma postura de firmeza e equilíbrio, porque não será fácil o caminho de Dilma. Como não foi o do governo Lula. Com serenidade, o governo saberá ver quem é ou não um verdadeiro aliado, e saberá usar o jogo político e ideológico com sabedoria e cautela, para assim conseguir levar o Brasil adiante.

Um comentário:

  1. Feliz 2011, Alexandre!

    Fazer conquistas sociais com essa base de apoio? Essa é a primeira piada de 2011!

    Será uma gracinha essa base fisiológica sair da base de apoio de Dilma Rousseff. Cairá imediatamente a maioria qualificada no Senado e na Câmara. A nova maioria qualificada será formada pela soma dos fisiológicos de direita com as bancadas raquíticas do PSDB, do DEM e do PSOL.

    Lula passou 8 anos no poder e ainda deixou 18 milhões de miseráveis. Encontro vários deles no caminho para o centro de comércio aqui perto de casa. Não será Dilma Rousseff em 4 ou 8 anos (em caso de reeleição) que irá resolver isso.

    Como já foi dito antes, governar é não resolver os problemas, para manter o povo na expectativa.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...