terça-feira, 16 de novembro de 2010

VÁ TOMAR BANHO, MONSIEUR TOURAINE!



COMENTÁRIO DESTE BLOG: Já peguei um texto de Alain Touraine, por conta do concurso do IPHAN, há cinco anos, que falava da crise das identidades sociais. Achei um texto estranho, porque não é aquela abordagem crítica que eu esperava. E, hoje mesmo, nas minhas caminhadas em Icaraí, Niterói, logo vi, na capa de O Globo, numa banca, que o doutor Touraine é um direitista ranzinza.

Pode ser que o PT não seja perfeito, mas dizer que o governo Dilma Rousseff vai levar o país ao retrocesso é uma incoerência. Os dois governos Lula não foram um retrocesso, mas um avanço, uma fase de transição. E, agora, Dilma levará adiante os progressos conquistados, já num contexto político diferente do que aquele que Lula encontrou no começo do seu primeiro mandato.

Vá tomar banho, Monsieur Touraine!

Do Cloaca News

A formidável ducha da suíte Collection ainda não viu sinal de água desde que o festejado sociólogo francês Alain Touraine abancou seu derrière no suntuoso Hotel Tivoli Mofarrej, em São Paulo (é que o octagenário intelectual europeu – amiguinho do peito de FHC – é tradicionalmente desafeito aos rituais primitivos de asseio que nós, selvagens dos tristes trópicos, herdamos de nossos aborígenes). Em compensação, o jornalão carioca O Globo não se fez de rogado e abriu seu conhecido escoadouro.

Vertendo ressentimento e dor-de-cotovelo pela monumental derrota sofrida nas urnas, a gazeta da Famiglia Marinho postou-se no luxuoso albergue em que está hospedado o diretor da École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris e arrancou do decrépito formulador da "sociedade pós-industrial" esta perfumadíssima e enriquecedora entrevista.

"Perigo de retrocesso no Brasil existe, diz Alain Touraine"

O GLOBO: Como o senhor vê as transformações da sociedade brasileira nos últimos 16 anos? Como avalia a vitória de Dilma Rousseff?

ALAIN TOURAINE: Uma coisa é clara. O Brasil tem um sistema político horrível, corrupto. Fernando Henrique Cardoso, em seus oito anos de governo, construiu as instituições. Fez uma transição perfeita para entregar a Presidência a seu sucessor, Luiz Inácio Lula da Silva. Lula, por sua vez, realizou transformações sociais, tirando dezenas de milhões de brasileiros da miséria e da exclusão. Graças aos dois, em igual importância, o Brasil tem os elementos básicos para desenvolver um novo tipo de sociedade. Mas não sou necessariamente otimista. Não sabemos o que acontecerá daqui para a frente. A nova presidente (Dilma) foi inventada por Lula.

O Brasil tem um longo passado de populismo e a ameaça persiste devido ao nível de desigualdade social extremamente elevado. Após 16 anos dos governos FHC e Lula, é impossível questionar o potencial do Brasil. Mas o perigo de um retrocesso existe, até porque o passado do PT está longe de ser perfeito. Lula não foi autoritário, mas segmentos do PT o são. A ideia de Dilma esquentar a cadeira por quatro anos para Lula também me desagrada. Em uma democracia, não pode haver presidente interino. A verdade é que não sabemos o que será o governo da nova presidente, porque ela não tem experiência política. Mas eu acredito que o Brasil tem tudo para ser o lugar em que uma nova sociedade surgirá. Não vejo muitos outros países no mundo que tenham chances tão boas quanto o Brasil.

José Serra, candidato derrotado do PSDB, deu a entender que fará com seu partido uma oposição mais dura ao governo Dilma, diferente da postura de seu partido frente a Lula. Como o senhor vê a polarização entre os dois maiores partidos brasileiros?

TOURAINE: Neste momento, Dilma é Lula. Ninguém sabe nada sobre ela. Ela pode ter tendências populistas ou fazer um fantástico governo, não sabemos. O fato é que, depois de Lula, era impossível para José Serra vencer. Ele é extremamente competente, honesto e sério. Na oposição, é um ativo valioso para o Brasil frente aos riscos de irresponsabilidade e populismo.

Se quiser correr o risco de ler a íntegra da “matéria”, tape o nariz e clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...