domingo, 24 de outubro de 2010

TECNOBREGA ESTÁ FORA DA MÍDIA? TEM CERTEZA?



O tecnobrega, como todo ritmo brega-popularesco, sempre se inspirou nos valores da grande mídia, sempre se alimentou nos referenciais da grande mídia, sempre atendeu aos interesses da grande mídia. Seja a grande mídia com escritório na Avenida Paulista, seja a grande mídia sediada em Nova York, seja a grande mídia regional, no caso a de Belém do Pará.

As redes sociais ainda não estão fortes o suficiente para produzir mega-sucessos. Mesmo os sucessos do Orkut, Facebook, Twitter e YouTube precisam da projeção na grande mídia para virarem mania. E, além disso, o tecnobrega sempre rolou nas FMs paraenses controladas por grupos oligárquicos, que por sinal sustentam e patrocinam com gosto as tais "aparelhagens".

O tecnobrega apareceu no Jornal da Globo (comandado por William Waack, e paparicado por Nelson Motta, hoje sócio do Instituto Millenium), no Mais Você (de Ana Maria Braga, ou Ana Maria Brega, sócia do "cansei" e anti-comunista assumida), no Domingão do Faustão (maior vitrine do entretenimento da mídia golpista), só faltando mesmo Gaby Amarantos aparecer no Casseta & Planeta no quadro da Acarajette Lovve.

Detalhe: o assistente de Acarajette Lovve, Waldeck do Curuzu, é interpretado pelo temível Marcelo Madureira, sócio do Instituto Millenium, palestrante direitista dos mais ranzinzas e amicíssimo do peito do não menos temível Diogo Mainardi.

Antes que algum bom samaritano filme com seu celular Otávio Frias Filho e Ali Kamel batucando um tecnobrega nos salões do Instituto Millenium, vamos enumerar aqui a presença desse ritmo popularesco na grande mídia, desmentindo teses que nunca fizeram sentido (a de que o tecnobrega está fora da mídia) e que muito menos fazem sentido hoje.

Claro que nesses links todo o festival de lorotas em torno do tecnobrega é divulgado. Tomem muito cuidado. Lembrando que, se o tecnobrega se diz "fora da grande mídia", por que o estilo foi badalado com entusiasmo até pelo jornal O Liberal, que representa a mídia golpista em Belém do Pará?

O LIBERAL (LINK REPRODUZ O TEXTO ORIGINALMENTE PUBLICADO NO JORNAL PARAENSE, SÍMBOLO DA MÍDIA GOLPISTA NO PARÁ)

http://www.bregapop.com/servicos/historia/329-henry-burnett/4944-viva-o-tecnobrega-henry-burnett

FOLHA DE SÃO PAULO

http://www1.folha.uol.com.br/saopaulo/782595-beyonce-do-para.shtml

O GLOBO

http://oglobo.globo.com/cultura/mat/2010/10/08/tecnobrega-se-reinventa-com-novos-estilos-mantem-independencia-922751297.asp

CONTIGO

http://contigo.abril.com.br/noticias/kika-se-joga-tecnobrega-belem-582857

ESTADÃO

http://www.estadao.com.br/noticias/arteelazer,festival-de-musica-em-belem-destaca-gabi-amarantos,566864,0.htm

ÉPOCA

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI154020-15220,00-ELA+E+BREGA+ELA+E+DIVA+ELA+E+A+BEYONCEDO+PARA.html

2 comentários:

  1. Não estou entendendo, Alexandre. Você criou um blog para deslocar todas as postagens sobre política e mídia, deixando O Kylocyclo com as demais postagens, inclusive as culturais. Agora vejo uma postagem sobre o tecnobrega no Mingau de Aço?

    Esta postagem não deveria estar no Kylocyclo?

    Se vier com aquele argumento correto de que a mídia golpista também promove o tecnobrega, só vai confirmar o que penso: era melhor deixar só O Kylocyclo, que é um espaço já consagrado e com bem mais seguidores.

    ResponderExcluir
  2. Este blog é um blog político, mas também fala sobre mídia. O Kylocyclo continua, mas se dedicará aos assuntos estritamente culturais. Mas quando os assuntos envolvem mídia, política e cultura juntos, eles aparecem no Mingau de Aço. É isso.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...