segunda-feira, 25 de outubro de 2010

CONFRONTO DE TERRA NO SUL DA BAHIA FAZ UM ÍNDIO MORTO



Por Alexandre Figueiredo

O índio pataxó José de Jesus Silva, de 37 anos, foi morto por pistoleiros num confronto entre estes e os indígenas que disputam com fazendeiros no Sul da Bahia uma área de 47 mil hectares. O assassinato aconteceu em Pau Brasil, município da região.

Me faz lembrar a absurda atitude da revista Veja que, insensível às raízes históricas do nosso país, trata as tribos indígenas remanescentes como se fossem "criminosas", já que a revista, adepta do neoliberalismo político e econômico, defende a tese de "direito à propriedade" das elites detentoras dos meios de produção e tecnologia, e do poder político e econômico dominante.

É muito sério o assunto dos conflitos de terra, uma coisa muito antiga, já que os latifúndios são um problema que já era decorrente desde os tempos do Brasil colonial.

A Funai reconhece o direito dos índios pela posse do terreno, mas os fazendeiros recorreram à Justiça para ter o direito de posse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...